Oi!!

Meu nome é Anelise Giombelli.

Se preferir pode me chamar de Ane.

E se você se sentir em casa, me chama de Nena.


Sou uma pesquisadora de gente, muito mais do que uma mulher que ama moda.

Eu amo gente!


E talvez entrar no guarda-roupa de uma cliente seja uma maneira que eu tenho de saber quem ela é.

E de ela saber quem é.

E de eu saber quem sou.

Essa troca me seduz.

Me faz ser assim. Um pouco de cada uma.


Acho que moda é a gente que faz.

Ela é necessária.

E única.

E quando digo única, eu falo de escolha pessoal.

Do jeito da gente e com as possibilidades que temos ao nosso alcance.

Que podem ser muitas.

Ou poucas.


Acho que pelo mundo, tem cada dia mais gente querendo imitar gente.

Talvez sejamos uma mistura das coisas que gostamos, das pessoas que nos cercam e das nossas próprias manias.

Mas somos únicos.


Tem dias que acordamos nos achando lindas.

E tem dias que nem reza dá jeito.

Eu sou adepta a beleza natural como um entendimento de que o tempo está passando.

(e tudo bem você pensar diferente de mim).

Mas não foi sempre assim.


A chave dos 40 anos vira todos os dias um pouquinho.

Demorei pra me encontrar.

Demorei pra me entender (em processo).

E quando eu penso em quem eu sou pra colocar na capa do meu site, eu penso que sou uma mulher em construção constante.

Que as vezes tem dúvida do tal propósito e se ele realmente existe de verdade.

E as vezes tem tanta certeza de quem é, que dá medo.


Aqui, você vai conhecer o meu trabalho.

Meus pensamentos.

Minha escrita.

E vai poder me ajudar a entender a moda como uma maneira de olhar o mundo.

O seu mundo.


Vamos nos conhecer.

Você vai me ajudar com as coisas que eu não sei.

E eu vou te ajudar com as coisas que você não sabe.

Muito além da moda, da consultoria de imagem, somos pessoas em construção.

Espero que você goste de tudo que encontrar por aqui.


Ah! 

Eu grito paras as pessoas na rua. Comprimento todo mundo no mercado e muito provavelmente vou falar com você, mesmo sem te conhecer direito.


Por que eu preciso saber quem você é e o que tem pra me ensinar.

Então se você me encontrar, por favor não se assuste.

Siga-nos